Retinopatia Diabética - Oftalmoclínica Icaraí Retinopatia Diabética - Oftalmoclínica IcaraíOftalmoclínica Icaraí

Retinopatia Diabética

retinopatia-diabetO que é?

A retinopatia diabética é uma das mais freqüentes causas de cegueira no mundo. A sua incidência esta diretamente ligada ao tempo de existência da diabetes. A doença ocular se desenvolve a partir da formação de micro obstruções nos vasos da retina, causando hemorragias e dilatações (microaneurismas). Sem o tratamento ocular, assim como o controle clínico da diabetes, o processo tende a ir progredindo até a perda total da visão , normalmente por descolamento da retina e hemorragias.

 

 

 

Sintoma

Os efeitos da retinopatia diabética na visão variam dependendo do estágio da doença. Alguns sintomas comuns de retinopatia diabética são listados abaixo, entretanto, o diabetes pode causar outros sintomas no olho.

· Visão borrada (ligado freqüentemente aos níveis de açúcar no sangue)

· Moscas volantes e flashes.

· Perda repentina da visão

 

Tratamento

É obrigatório o exame anual do fundo do olho em todo paciente portador de diabetes, estando ela controlada ou não. A partir de 3 anos de doença é recomendado a realização do exame RETINOGRAFIA FLUORESCENTE, onde se pode observar mais precocemente a existência das microhemorragias e microaneurismas.

Na década de 70 surgiram os primeiros aparelhos a LASER com a finalidade de tratar a retinopatia diabética. A FOTOCOAGULAÇÃO COM LASER DE ARGÔNIO é o principal tratamento existente para o controle da retinopatia diabética.

Atualmente estão surgindo drogas para auxiliar no controle de retinopatia diabética.

 

Prevenção

A melhor proteção contra a retinopatia diabética é submeter-se a exames periódicos da visão efetuados por um oftalmologista. A retinopatia grave pode existir mesmo sem sinais perceptíveis.

Para detectar a presença de retinopatia diabética, o oftalmologista examina o interior do olho usando um instrumento chamado oftalmoscópio. É preciso que as pupilas sejam dilatadas por algumas gotas de colírio.

A angiografia com fluoresceína é um exame que consiste em injetar um corante fluorescente com uma seringa no braço do paciente e após, tirar uma série de fotografias dos olhos e observar o comportamento do corante no fundo de olho.

A angiografia pode detectar alterações precoces da retinopatia diabética.

Left Menu Icon